Por mais mulheres no poder!
Cobertura Especial das Eleições 2018 em Pernambuco

Reportagens



Podcast

Artigos



Em breve...

Mapa das Eleições

Em breve...

É candidata e quer mostrar sua pauta? mande pelo e-mail projetoadalgisas@gmail.com

Sobre Adalgisas

As Mulheres como protagonistas e Cobertura Especial das Eleições 2018 em Pernambuco

O projeto Adalgisas nasceu para contribuir com a solução de uma distorção que compromete a democracia brasileira. Em um país de maioria feminina, as mulheres ocupam uma parte ínfima dos espaços públicos de poder (apenas 10% na Câmara Federal, por exemplo). Aqui, você pode ler notícias, entrevistas, reportagens e análises políticas de uma forma que não estamos acostumados: as mulheres como protagonistas. Foi por meio de um financiamento coletivo e de várias parcerias que este projeto se tornou possível. A ideia é de que possamos oferecer um panorama do que foram essas eleições para as mulheres em Pernambuco.

O nome do projeto é inspirado em Adalgisa Cavalcanti, que entrou para a história como a primeira mulher eleita deputada em Pernambuco. Em 1947, aos 40 anos e disputando a eleição pelo Partido Comunista do Brasil (PCB), Adalgisa conquistou uma vaga na Assembleia Legislativa. Ela teve uma atuação parlamentar destacada e que ainda hoje seria considerada feminista. Acabou tendo seu mandato cassado, em 1948, quando o PCB foi considerado ilegal. Durante a longa militância foi presa e torturada, sem nunca abrir mão das ideias em que acreditava. Morreu em 1998, aos 90 anos, deixando um legado de pioneirismo, coragem e luta para todas as mulheres.

Monitorar

Participação das mulheres na propaganda eleitoral na TV, em parceria com Observatório da Mídia/UFPE.

Fiscalizar

Distribuição dos recursos do Fundo Partidário entre as candidatas mulheres.

Mapa Interativo

Os perfis e as principais propostas de todas as candidatas em Pernambuco.

Debate

Sobre temas relativos à questão de gênero

Reportagens

Produção de matérias especiais.

Números

Intenções e apuração de voto das candidaturas de mulheres.

Contato

projetoadalgisas@gmail.com